quinta-feira, 7 de maio de 2015

Dicas para agir com os nossos filhos

Hoje em dia andamos todos muito ocupados com agendas repletas de inúmeras tarefas que só conseguimos cumprir caso estejamos sempre a correr de um lado para o outro. No final do dia chegamos a casa cansados, sem energia e muitas vezes acabamos por dizer e fazer coisas que mais tarde nos arrependemos. 

O final do dia devia ser um momento para estar em família, para conversar e partilhar os acontecimentos desse dia. Os filhos muitas vezes (sobretudo os mais pequenos) estão ávidos pela chegada dos pais e acabam por estar ainda mais irrequietos do que o normal. Por essa razão, devemos ter cuidado com o nosso comportamento pois podemos conduzir a reacções indesejadas. A televisão é sem dúvida um aparelho valioso para hipnotizar crianças mas não devemos abusar! Digo-vos por experiência própria que vale a pena o esforço de a manter apagada!




Não devemos …

1) Gritar. Ao gritar estamos a agitar ainda mais as crianças. Por muito cansados que estejamos devemos manter a calma e falar de uma forma pausada e tranquila. Vão ver que as crianças vão acalmar.
2) Mentir. Se prometemos algo devemos cumprir a nossa promessa. Portanto muita atenção com aquilo que dizemos!
3) Bater. Por vezes parece que estão mesmo a necessitar de uma palmada no rabo mas não a devemos dar. O segredo é respirar fundo e depois mantendo a calma explicar que se estão a portar mal.

Devemos sempre:

1) Brincar com os nossos filhos (com a televisão desligada) pelo menos 30 minutos por dia.
2) Incentiva-los a participar nas tarefas domésticas: quem coloca hoje os pratos? E os talheres? Eles adoram sentir-se úteis!
3) Explicar porque é que não estivemos com eles. A mamã esteve a estudar porque quer ser professora…
4) Fazer actividades em conjunto: ler um livro, cozinhar, etc.
5) Perguntar-lhes como foi o dia, com quem brincaram.

E nunca esquecer de lhes recordar o quanto gostamos deles e como eles são importantes para nós! Uma criança deve sentir-se amada! Os beijos e abraços são fundamentais para fortalecer a sua auto-estima e para faze-la feliz!

#familia, #dicasagircriancas