quarta-feira, 22 de outubro de 2014

RESUMO DE UM TRATAMENTO DE FECUNDAÇÃO IN VITRO

Nos últimos dias recebi vários emails com dúvidas sobre as etapas dos tratamentos de fecundação in vitro (FIV) e por essa razão hoje resolvi fazer um resumo com a sequência dos passos para a realização de um tratamento:

1) 1ª CONSULTA MÉDICA
Durante esta consulta o médico deverá recolher toda a informação clínica do casal. Deverá fazer um exame físico da mulher, consultar os exames prévios do casal e/ou solicitar a realização de alguns exames (exemplo espermograma). 

2) CONSULTA PARA DEFINIR O TRATAMENTO
Com os resultados dos exames pedidos o médico deverá aconselhar o tratamento que melhor se adequa ao casal. É geralmente nesta consulta que o médico define qual o plano para a estimulação dos ovários.

3) PLANO DE ESTIMULAÇÃO OVÁRICA
O objetivo da estimulação dos ovários é a obtenção de um número de ovócitos em quantidade suficiente que permita obter embriões de boa qualidade para transferir para cavidade uterina e assim aumentar as probabilidades de gravidez. Por essa razão, é muito importante a mulher seguir rigorosamente as instruções médicas nesta fase do tratamento. Antes de iniciar a estimulação o médico poderá sugerir que a mulher tome a pílula durante alguns dias ou que faça a administração de um agonista da hormona libertadora de gonadotrofinas GnRH  (para bloquear os estímulos da hipófise) e assim evitar o desenvolvimento de folículos antes do início da estimulação.

4) CONSULTA PARA AVALIAÇÃO DOS OVÁRIOS
Nesta consulta o médico deverá confirmar que os ovários estão em repouso (isto é que não têm folículos a crescer) e que a mulher pode iniciar a estimulação

5) ESTIMULAÇÃO DOS OVÁRIOS E ACOMPANHAMENTO MÉDICO
A mulher deverá administrar a medicação prescrita pelo médico para estimular os ovários. Ao longo deste processo (o nº de dias é variável, em média a estimulação dura 12 dias), a mulher deverá fazer várias ecografias para monitorizar o crescimento dos folículos e fazer análises de sangue.

6) INDUÇÃO DA OVULAÇÃO

7) PUNÇÃO FOLICULAR

8) INSEMINAÇÃO DOS OVÓCITOS (FIV E OU ICSI)

9) DESENVOLVIMENTO DOS EMBRIÕES EM LABORATÓRIO
Os embriões resultantes da fertilização dos ovócitos ficarão em laboratório afim de serem selecionados os de melhor qualidade para serem transferidos para a cavidade uterina. Geralmente são transferidos 1 ou 2 embriões.

10) TRANSFERÊNCIA DOS EMBRIÕES 

11) CONGELAÇÃO DOS EMBRIÕES EXCEDENTES DE BOA QUALIDADE

12) TESTE DE GRAVIDEZ

13) ECOGRAFIAS GESTACIONAIS
Após a confirmação da gravidez é geralmente programada uma ecografia passado 10 dias para comprovar a presença de um saco gestacional. Se estiver tudo bem, o médico deverá programar nova ecografia para comprovar a presença de batimentos cardíacos no embrião.

Espero que tenham ficado esclarecidos!
Boa Sorte!!!




#infertilidade, #tratamentosfertilidade