quarta-feira, 24 de junho de 2015

A roupa masculina influencia a fertilidade dos homens!

Hoje em dia é sabido que determinadas roupas masculinas podem alterar a produção dos espermatozóides e como tal diminuir a sua fertilidade. Porquê? A temperatura ideal para que ocorra a espermatogénese (isto é, a produção dos espermatozóides) é 34,5  ºC  ou seja, aproximadamente 2 ºC abaixo da temperatura corporal. Quando a temperatura se eleva, aumentam os danos provocados nas formas precoces que dão origem aos espermatozóides conduzindo, em determinado tipo de células mais sensíveis, à morte celular. Nos mamíferos, os testículos encontram-se protegidos pelas bolsas do escroto que tem também um efeito regulador de temperatura. Além disso, os testículos estão localizados fora do corpo para evitar um sobreaquecimento.

Há no entanto situações extremas que levam a um aumento da temperatura ótima dos testículos e que podem ter consequências drásticas na produção de espermatozóides. São exemplos, a febre elevada, varicocele (variz no testículo), criptorquidia (quando o(s) testículo(s) não estão no escroto mas sim no abdómen), alguns tipos de desporto (tais como andar de bicicleta) e o uso de calças ou roupa interior muito justas.


Ao contrário das mulheres que nascem com o número total de ovócitos para toda a vida, os homens estão constantemente a produzir espermatozóides. A duração de cada ciclo de produção espermática é de aproximadamente 70 dias (2 meses e meio) pelo que poderá ser suficiente uma alterção no modo de vestir durante alguns meses para melhorar a fertilidade masculina!

#fertilidademasculina, #infertilidademasculina,