quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Maternidade ganha medalha de alta competição!

Fiquei maravilhada com as notícias sobre Sara Moreira a portuguesa vencedora da medalha de bronze na última Maratona de Nova Iorque. Sara está de parabéns pelo seu desempenho na prova mas está também de parabéns porque foi mãe recentemente. Esta atleta não foi a primeira em provar que a maternidade apesar de obrigar a uma pausa na vida da mulher não impede que as atletas retomem a sua atividade desportiva. Muitas das atletas referem que os filhos são uma estimulação e lhes dão "força extra" para não desistirem de atingir os seus objetivos.



Creio que qualquer mulher após a maternidade acaba por dar mais valor ao tempo. É fundamental saber gerir bem os minutos pois estes escasseiam. Os filhos acabam acabam por nos absorver muito e infelizmente no país em que vivemos ainda não existem suficientes medidas que apoiem as famílias.

Como portuguesa e mãe, sinto-me orgulhosa desta atleta!
A Sara está sem dúvida de parabéns pelo resultado e pelo desempenho que demonstrou!

Se quiserem saber mais leiam os artigos do DN e do Público. Vale a pena!