quarta-feira, 24 de setembro de 2014

A endometriose

A endometriose é uma doença difícil de diagnosticar e que causa grandes dificuldades na vida quotidiana de algumas mulheres.

Os seus sintomas podem ser muito variáveis e podem provocar grandes limitações na vida diária das mulheres. Estima-se que 10% das mulheres sofram de endometriose e que a endometriose seja a responsável por 30% dos casos de infertilidade.

Fonte: creative commons
O que é a endometriose?
A endometriose é uma doença que se caracteriza pela presença do tecido endometrial (tecido que reveste o útero) fora da sua localização habitual. Os locais que são mais frequentemente atingidos pela presença deste tecido são os ovários, as trompas de Falópio, os ligamentos que sustentam o útero e a cavidade pélvica ou abdominal.

Quais os sintomas mais frequentes da endometriose?

- Dismenorreia (dor durante a menstruação)
Esta é a queixa mais comum das pacientes (90% apresentam estes sintomas).

- Infertilidade. 60% das mulheres com endometriose sofrem de infertilidade. Esta doença, provoca alterações anatómicas como é o caso das aderências que podem estar localizadas nos ovários ou nas trompas de Falópio e que podem impedir o ovócito de chegar às trompas para ser fecundado. Além disso, os focos de endometriose, induzem uma inflamação crónica que conduz à produção de substâncias inflamatórias que dificultam a correta maturação e fecundação do ovócito.

- Dispareunia (dor durante as relações sexuais). 40% das pacientes queixam-se que estes sintomas são mais fortes quando tem relações nos dias prévios à ovulação ou nos dias prévios à menstruação.

- Dor pélvica crónica. Esta dor pode ser uma dor constante ou pode também estar ausente durante uns períodos e voltar a aparecer. Pode traduzir-se por alterações gastrointestinais ou urinárias, dependendo da zona onde os focos de endometriose estão instalados (intestino, bexiga ou reto). Ainda não existe uma correlação entre a origem e a intensidade desta dor com a gravidade da doença.
Legenda: Focos de endometriose. Fonte: wikipedia.


Como é feito o detectada esta doença?
Pode ser inicialmente detectada por ressonância magnética nuclear ou por ecografia. No entanto o diagnóstico mais preciso é feito por laparoscopia onde podem ser visualizadas as lesões (focos de endometriose).


A endometriose tem cura?
Infelizmente a endometriose não tem cura mas caso seja detectada atempadamente os seus efeitos secundários podem ser minimizados. Por essa razão, se apresenta algum destes sintomas consulte um especialista!

Deixo-vos dois videos que me pareceram muito interessantes.
Uma entrevista com o Dr. António Setúbal (médico ginecologista e especialista nesta doença) na TVI. Ver video

Um video explicativo sobre o que é a endometrise.
Ver video

Deixo-vos também o sítio da internet da Associação Portuguesa de Apoio a Mulheres com Endometriose e o sítio da Associação Brasileira de Endometriose onde poderão encontrar toda a informação relacionada com esta doença e os contactos dos especialistas desta área em cada um destes países.

#endometriose