quinta-feira, 29 de maio de 2014

Domingo 1 de junho - Caminhada pela Fertilidade 2014

Mais um evento a não faltar no próximo domingo dia 1 de junho. Desta vez trata-se da Caminhada pela Fertilidade organizada pela Associação Portuguesa de Fertilidade.


Esta caminhada pretende entre muitas outras coisas, marcar o 8º aniversário da Associação Portuguesa de Fertilidade e sensibilizar os cidadãos para os problemas relacionados com a infertilidade.

Este evento terá início junto à Praia da Torre (Oeiras) às 9:30 mas a caminhada só começa às 11:00. Para verem o programa façam-no aqui. A inscrição no evento é gratuita!
Apareçam! A vossa presença é importante! 

Façam a vossa inscrição aqui.

Estou a ver que o meu domingo vai ser muito preenchido. Mas não vou deixar de dar um saltinho à praia da Torre nem que seja por uma hora e dar o meu apoio a esta causa! É importante que a sociedade se aperceba do número de pessoas que lutam contra esta doença. É importante que os governos façam programas para apoiar estes casais! Eu estarei lá... e vocês?

quarta-feira, 28 de maio de 2014

1 DE JUNHO DIA DA CRIANÇA

No próximo domingo festeja-se o dia Mundial da Criança. Como vem sendo habitual, o BARRIGAS DE AMOR® organizou uma série de atividades e diversões na Quinta da Ponte e Quinta Pedagógica Armando Villar, em Cascais para as crianças!

Apareçam! E tragam os filhos, os sobrinhos ... os amigos! 



Não se esqueçam de fazer a vossa inscrição! 
Vemo-nos lá!

terça-feira, 27 de maio de 2014

MENINO OU MENINA?

Creio que está é uma questão que poucos casais colocam quando estão a fazer tratamento de fertilidade. Quando muitas vezes falamos sobre o assunto, a grande maioria responde: "só queremos que seja saudável, o sexo do bebé não importa."

Fonte: creative commons


O ser humano é composto por 46 cromossomas (a que chamamos cariótipo) incluindo os cromossomas sexuais que podem ser o X ou Y. As mulheres têm um par de cromossomas X no seu cariótipo pelo que se define o cariótipo feminino por 46XX e os homens têm um cromossoma X e outro Y e portanto um cariótipo 46XY. Os ovócitos e os espermatozoides apenas contém 23 cromossomas e um único cromossoma sexual. No caso dos ovócitos todos eles têm o cromossoma X. No caso dos espermatozoides estes podem ter o cromossoma X ou Y. Quando ocorre a fecundação, dependendo se o ovócito é fecundado por um cromossoma X o bebé vai ser do sexo feminino, ou se for fecundado por um cromossoma Y o bebé será do sexo masculino. Portanto são os espermatozoides, e nomeadamente o pai o "responsável" pelo sexo dos filhos.

O cromossoma Y é muito mais pequeno do que o cromossoma X pelo que os "espermatozoides Y" são muito mais rápidos. Por outro lado, os "espermatozoides Y" são menos resistentes ao meio ácido da flora vaginal . Deste modo, se o casal tiver relações depois da ovulação, está a favorecer o nascimento de um bebé do sexo masculino pois em teoria os espermatozoides "masculinos" seriam os primeiros a chegar ao ovócito. Pelo contrário, se as relações sexuais ocorrem antes da ovulação em teoria haverá mais probabilidade de nascer um bebé do sexo feminino.

Há uma minoria de casais que gostaria de poder escolher o sexo dos seus bebés. Em Portugal, não é permitido fazer a seleção do sexo dos embriões a transferir, a não ser quando há histórico de doenças hereditárias que estejam ligadas ao sexo. Deste modo o mistério permanece ao longo de toda a gravidez... menino ou menina? 



segunda-feira, 26 de maio de 2014

TRATAMENTOS DESACONSELHÁVEIS

O verão está a chegar, as roupas mais leves e mais ousadas começam a utilizar-se com maior frequência e como tal muitas de nós nos lembramos (por vezes um pouco tarde...) de que é hora de começar a fazer algo para que o nosso corpo esteja em forma.
Fonte: creative commons

É nesta altura geralmente em que todas começamos uma dieta ou recomeçamos a pensar nos cuidados específicos para o corpo. Quero por isso alertar todas as mulheres que estão a fazer tratamentos de fertilidade ou que estão grávidas, que a realização de determinados tratamentos corporais é desaconselhável e que as massagens na zona abdominal devem ser evitadas. 
Por outro lado, é importante que saibam que os cremes anti-celulíticos não podem ser utilizados durante a gravidez e na amamentação pois têm substancias que podem ser tóxicas para o bebé.

A melhor solução para um corpo fantástico é sem dúvida a realização de uma dieta, desde que acompanhada por um nutricionista pois nesta fase, não deve ser  descuidada a ingestão adequada de nutrientes. O corpo da futura mãe e o bebé vão necessitar de proteínas, vitaminas e minerais!

Também não é esta a melhor altura para se inscreverem num ginásio. Devem sempre falar com o vosso médico, mas em princípio aquelas mulheres que já faziam atividade física antes de engravidar podem continuar a fazê-lo de uma forma menos intensa. Para as outras que tinham uma vida mais inativa o ideal é mesmo caminhar. 

Bjs e tenham um bom dia! 

sexta-feira, 23 de maio de 2014

8 DICAS PARA UM TRATAMENTO DE FERTILIDADE BEM SUCEDIDO

1) SE A MULHER TEM MAIS DE 38 ANOS, NÃO DEVEM ESPERAR MUITO TEMPO ANTES DE PEDIR AJUDA MÉDICA

É sabido que a qualidade dos óvulos começa a piorar por volta dos 35 anos e que a partir desse momento as chances de engravidar são menores. Geralmente aconselha-se o casal a procurar ajuda médica ao fim de 1 ano de tentativas falhadas de gravidez. No entanto, para o caso de mulheres com idade superior a 38 anos, não é desejável que o casal aguarde mais de 6 meses.

2) DEIXEM DE FUMAR 

O tabaco tem um impacto negativo nos órgãos que participam no processo reprodutivo.

As mulheres fumadoras apresentam maior incidência de falência ovárica precoce (que se traduz por um número reduzido de ovócitos) e em geral têm a menopausa também em idades mais jovens do que as não fumadoras. A qualidade dos ovócitos também piora e em geral necessitam de maior quantidades de medicação durante a estimulação dos ovários.
Observa-se também uma maior incidência de gestações ectópicas e no caso de mulheres que fumam mais do que 10 cigarros por dia verificou-se uma redução significativa na taxa de gravidez

O consumo de tabaco nos homens provoca uma redução de 20 a 30% da concentração de espermatozoides, e também uma diminuição na mobilidade e volume do ejaculado. Além disso o stress oxidativo produzido pelo tabaco pode provocar alterações estruturais e funcionais nos espermatozoides nomeadamente a degradação do DNA.  

Estima-se que o tempo necessário para reverter a maioria dos efeitos provocados pelo tabaco é de 6 meses. 

3) FAÇAM DIETA

A obesidade tem um efeito negativo na fertilidade quer dos homens como nas mulheres porque provoca alterações nos mecanismos hormonais e metabólicos.
Uma perda moderada de peso (10 a 15%) pode ser o suficiente para conduzir a um aumento da probabilidade de gravidez espontânea bem como melhorar os resultados dos tratamentos de reprodução in vitro.

Nas mulheres obesas verifica-se uma maior taxa de cancelação das estimulações (ausência ou assincronia do crescimento dos folículos) bem como a necessidade de maiores doses de medicação. Por outro lado, apresentam também um número maior de ovócitos imaturos, taxas de fecundação mais baixas e menor probabilidade de engravidar. 

Nos homens a obesidade está associada a um aumento da disfunção erétil, níveis mais baixos de testosterona e outras anomalias e a uma temperatura escrotal mais elevada que pode provocar danos nos espermatozoides.

4) EVITEM O ÁLCOOL

Sabe-se que o consumo excessivo de álcool está associado à diminuição da fertilidade, no entanto os níveis de consumo para os quais esta condição se faz sentir ainda não estão bem definidos. 

Nas mulheres o álcool pode levar a ciclos de ovulação (anovulatórios), a uma diminuição da fase lútea e alterações na implantação. Estão descritos efeitos negativos do álcool em todas as fases da gravidez.

Nos homens, o álcool potencia a impotência e redução dos parâmetros espermáticos. 

5) EVITEM ALTURAS DE MUITO STRESS

Procurem fazer os tratamentos em épocas que estejam mais calmos, sem grandes compromissos de trabalho. Evitem ter que viajar, e tentem estar disponíveis para o caso de terem que se deslocar ao centro onde estão a realizar o tratamento. 
Conversem com o vosso médico e decidam qual a altura que mais vos convém. Geralmente muitos casais preferem realizar os tratamentos antes das férias de Verão ou do Natal. 

6) INFORMEM-SE ACERCA DO CENTRO ONDE VÃO REALIZAR O TRATAMENTO

Informem-se bem sobre o centro onde estão apensar realizar o tratamento. Perguntem quais as taxas de gravidez, e se possível recolham opiniões de outros pacientes. Se gostarem das informações, marquem uma primeira consulta para conhecerem os profissionais de saúde. Para mais dicas sobre como escolher um centro consultem o artigo que publiquei no blog anteriormente: como escolher um centro para tratamento de fertilidade.

7) CUMPRAM AS INDICAÇÕES MÉDICAS

Enquanto o casal está em tratamento é muito importante o cumprimento das instruções médicas. Parece uma dica despropositada mas na verdade observo que algumas senhoras se esquecem de administrar a medicação.

8) RELAXEM

Tentem relaxar e estar otimistas! Há estudos que revelam que os casais que estão mais otimistas têm taxas de fecundação mais elevadas e maiores probabilidade de gravidez!


Boa sorte!
Fonte: creative commons




quinta-feira, 22 de maio de 2014

DIA DA FAMÍLIA - BARRIGAS DE AMOR

Ainda não vos falei do fantástico dia que passei com a minha família no Jardim Zoológico de Lisboa no passado domingo dia 18 de Maio para celebrar com o BARRIGAS DE AMOR o DIA DA FAMÍLIA. 

É sempre bom visitar este espaço e relembrar boas recordações de infância! O Jardim Zoológico tem vindo a remodelar as suas instalações e o espaço está cada vez mais agradável.

Fomos para o evento cedo. Demos várias voltas ao Jardim. Vimos os macacos, as girafas, os leões, mas o momento auge de toda a visita foi o show dos golfinhos e das focas! Os meus filhos estavam de boca aberta com o espetáculo! E nem imaginam a cara do mais pequeno quando a foca se deitou na borda da piscina quase ao pé de nós. Vejam só... 


Foi mágico também um momento mágico ver os flamengos a correr! Por momentos ficámos sem perceber o que se estava a passar e o porquê de tanta agitação, até que vimos o tratador abandonar o local com uma caixinha onde transportava uma cria! Um amor!!! Tinha dois dias. Não resisti tirar mais uma foto.






Para os meus filhos foi um dia inesquecível, estavam muito felizes e eu também!
Obrigada BARRIGAS DE AMOR !
Obrigada! 

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Cada vez mais mulheres congelam óvulos

Vi esta manhã a reportagem na RTP que falava que mais mulheres congelam óvulos para mais tarde utilizar.

Fiquei muito satisfeita de ver a divulgação da técnica de congelação de óvulos, pois de facto vê-se que tem resultados a longo prazo, e a grande maioria das pessoas desconhece a sua existência. A congelação de óvulos tem o grande objetivo de permitir às mulheres adiar o seu projeto de maternidade preservando a sua fertilidade. Muito útil no caso de pacientes oncológicas que podem assim evitar que alguns dos seus óvulos fiquem sujeitos aos fármacos utilizados em quimioterapia, ou no caso de mulheres jovens, que ainda não têm parceiro e têm receio de não ter nenhum projeto parental antes dos 35 anos (idade em que a qualidade ovocitária começa a decair).

Por considerar uma técnica de extrema importância e com muito potencial, foi um dos primeiros artigos que escrevi neste blogue. Leiam e divulguem às vossas amigas e familiares.artigo no blogue - congelação ovúlos
Fonte: creative commons

Por último, não posso deixar de mencionar que apesar de muito interessante  a reportagem apresentada na RTP, eles não deveriam ter dito que existem apenas 38 bebés nascidos desta técnica. Num artigo publicado em 2009 que fazia uma revisão de todos os artigos publicados que mencionavam a congelação de óvulos, fazia referência a 900 bebés nascidos desta técnica Imaginem portanto agora, em 2014, quantos bebés terão nascido mais!

Tenham um bom dia! 


Deixem de fazer perguntas às mulheres!

Noutro dia estava a jantar com um grupo de amigas. Na verdade um grupo bastante heterogeneo. Umas casadas, outras solteiras, umas com filhos, outras a tentar ter filhos e chegámos a uma conclusão: a sociedade está sempre a tentar controlar a vida das mulheres. Passo a explicar:

Quando as mulheres estão numa determinada faixa etária são bombardeadas com inúmeras questões. Parece que todas temos que seguir o mesmo caminho: casar e ter filhos. Mas não é verdade. Algumas mulheres simplesmente não querem ter filhos. E outras, infelizmente demoram mais a constituir família.

A nossa sociedade está mecanizada e parece que não nos podemos afastar muito dos padrões esperados para o ser "humano feminino". Se temos filhos e não nos casamos também não acham bem (apesar de que já começa a ser mais aceite). Se temos filhos e não temos marido, pior ainda.... por favor, deixem as mulheres em paz! E sobretudo: mulheres, deixem as outras mulheres em paz! Somos donas da nossa vida, e quando não conseguimos atingir o nosso objetivo de ser mães não é necessário ter sempre alguém (ou melhor alguma) a lembrar-nos disso!

Deviamo-nos ajudar mais umas às outras! O tempo agora passa mais depressa ...exigem mais de nós e nós como somos SUPER MULHERES queremos fazer tudo! 


Vamos abolir do nosso vocabulário as seguintes frases:

Já tens namorado?
Quando te casas?
E filhos, já pensaste em filhos? 
Quantos queres ter?
Agora que já és mãe quando é que pensas dar um mano ao teu filho? 


Combinado?
Bjs
    
  

terça-feira, 20 de maio de 2014

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa: sim ou não?

Na semana passada assisti a uma formação sobre as regras do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa e confesso que adorei. Bem, adorar não é propriamente a palavra mais adequada, mas vocês entendem o que eu quero dizer. Eu estava bastante crítica em alterar a minha forma de escrever, mas realmente entendo que a língua é um instrumento vivo de comunicação e para quem está a aprender a língua portuguesa fazem muito sentido as novas alterações. Porquê? Porque se escreve tal como se lê! Já não é necessário obrigar a criançada a decorar que determinada palavra se escreve com um “c” ou com um “p” quando no fundo essa consoante não é lida. Penso que para nós que aprendemos a escrever antes da assinatura do novo Acordo Ortográfico em 1990 (sim, não é assim tão novo!), o  que mais choca é a supressão gráfica das consoantes mudas!

Vejam os exemplos:

Estes são os casos que devem saber e nos quais ocorre a supressão gráfica de consoantes mudas ou não articuladas. 

CC - Escrevia-se fraccionar e seleccionamento e agora as formas corretas são: fracionar e selecionamento

- ação/ acção, reação/reacção

CTata/acta, ativar/activar, diretor/director

PC- anticoncecional/ anticoncepcional

- adoção/adopção

PT ótimoptimo, adotar/adoptar

Quanto mais pequenas forem as palavras maior o “impacto” visual que nos cria, pois a falta de uma letra faz-se muito mais notar! A mim ainda me faz muita confusão escrever óptimo sem “p”…

Achei interessantíssimo saber que, ao contrário do que a grande maioria dos portugueses pensa (eu incluída), o Brasil acabou por aceitar maiores modificações na sua forma de escrever do que Portugal. No entanto, o número de palavras alteradas em Portugal foi maior.

Fiquei a saber que o alfabeto português conta agora com 3 novas letras: o K, W e Y. E que os meses do ano, os dias da semana se escrevem sempre com letra minúscula. Já no caso de títulos de livros, formas de tratamento, logradouros públicos, templos ou edifícios o emprego da letra maiúscula ou minúscula é opcional. Vejam o exemplo:

As Pupilas do Senhor Reitor que também se pode escrever As pupilas do senhor reitor.

Achei também curioso saber que existe a possibilidade de escrever a mesma palavra de duas formas diferentes. Isto porque a forma de pronunciar a palavras nos países luso-afro-asiáticos é diferente da pronúncia no Brasil, dai a forma de escrever as palavras também ser distinta.

Exemplos de como se dizem as palavras de acordo com a:      
                  
Norma luso-afro-asiática                           Norma brasileira

bebé (o último “e” é aberto)                      bebê (o último “e” é fechado)
metro                                                              metrô

Mas não pensem que este é um fenómeno novo. De facto em Portugal já utilizamos dupla grafia para determinadas palavras, é o caso de ouro/oiro ou louro/loiro.

Ainda fica muito por dizer sobre este Novo Acordo, espero ter-vos deixado curiosos e com vontade de o aprender… é que entra legalmente em vigor no final deste ano! Temos pouco tempo para aprender! Mãos à obra! :)

Respondendo à questão: o novo acordo ortográfico: sim ou não? Eu digo SIM! 

A razão deste artigo é para vos avisar que vou passar a escrever segundo este novo acordo. Espero não ter muitas faltas de ortografia, peço desde já desculpas se isso acontecer! 

sábado, 17 de maio de 2014

Sugestão para hoje...

Já têm planos para hoje à  noite?
Tenho uma sugestão!

Hoje o Projecto GEO vai tocar no Convento Nacional de Mafra às 21:30. A entrada é livre e tenho a certeza de que vão gostar!

O convento de Mafra só por si é um local mágico e com a música do Projecto GEO sem dúvida que a noite de hoje tem tudo para ser inesquecível! :)

Deixo-vos um video para que oiçam a música! Encontramo-nos lá?


Resultado Passatempo Barrigas de Amor - Dia da Família

Tal como combinado venho divulgar a lista da vencedora do passatempo BARRIGAS DE AMOR - DIA DA FAMÍLIA:

Maria Safont

Parabéns! Ganhou 4 bilhetes para toda a família para amanhã visitarem o jardim Zoológico. Em breve irei enviar por email os detalhes para receber os convites.

Muito obrigado a todos por participarem!
Não ganharam os bilhetes mas podem aparecer e festejar connosco o DIA DA FAMÍLIA no jardim zoológico! Vá lá, apareçam! :)

Tenham um óptimo fim de semana!
Bjs
Sofia

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Passatempo Barrigas de Amor - Dia da Família

Temos um novo passatempo!

O dia da Família está a chegar. É já no próximo domingo, dia 18 de maio e desta vez o BARRIGAS DE AMOR e o Jardim Zoológico de Lisboa convidam-no a passar um dia fantástico em família!

Para além dos eventos habituais do jardim Zoológico, vai haver imensa animação, workshops e espaços BARRIGAS DE AMOR para toda a família!

Desta vez convidamos uma família de 4 pessoas para vir no próximo domingo, 18 de maio ao jardim zoológico a juntar-se a esta festa!

Participem e não faltem a este grande evento!

Podem participar até o dia 16 de maio de 2014 e ganhar um prémio de 4 convites para a participação no evento das Barrigas de Amor no Jardim Zoológico de Lisboa no próximo domingo, 18 de maio. Os bilhetes seram entregues no próprio dia do evento no Jardim Zoológico. Os vencedores serão escolhidos de forma aleatória através de random.org entre todos aqueles* que tenham o formulário totalmente preenchido e tenham um like na página das Barrigas de Amor e na página de O meu Laboratório de Sonhos.


*O passatempo é apenas válido para residentes em Portugal.

terça-feira, 13 de maio de 2014

Infertilidade: quando procurar ajuda?

Sabiam que a probabilidade da ocorrência de uma gravidez em cada ciclo menstrual é de aproximadamente 20%?  E que após um ano de relações sexuais desprotegidas, aproximadamente 80% dos casais terão obtido uma gravidez, e que ao fim de dois anos, 90% dos casais terão conseguido engravidar?

Por esta razão, a organização mundial de Saúde (OMS) define infertilidade como a "ausência de gravidez após dois anos de relações sexuais regulares e sem uso de contracepção”.
Fonte: creative commons.

No entanto existe um consenso entre os especialistas em medicina da reprodução que consideram que no final do primeiro ano sem gravidez, o casal deve ir à consulta para avaliar se existe alguma causa aparente para este insucesso.

Este tempo de espera pode variar consoante a idade da mulher. Para mulheres acima dos 38 anos é aconselhável procurar ajuda médica passado 6 meses de tentativas falhadas para engravidar.

O meu conselho é que não entrem em desespero se não conseguirem engravidar nos primeiros meses mas também que não deixem o tempo passar sem procurar ajuda médica! 
Boa sorte! 


segunda-feira, 12 de maio de 2014

Resultados do passatempo Mustela

Tal como prometido venho divulgar a lista das vencedoras do passatempo Mustela:

Daniela Silva de Lisboa
Catarina Silva da Povoa de Santa Iria
Andreia Machado de Esposende


Em breve entrarei em contacto convosco para vos solicitar os dados para o envio da encomenda.

Muito obrigada a todas por participarem!

Mas ainda tenho mais uma boa notícia, como o passatempo foi um sucesso a Mustela disponibilizou 3 novos kits para sortear, pelo que assim que esteja publicado informarei do novo link para participar.

Entretanto sigam atentas as novidades do blog ;)
Beijinhos,
Sofia

Brincadeiras banais

Tenho a sensação que os jogos a que eu brincava estão a desaparecer. Os meus brinquedos tão simples foram substituídos por pequenos computadores, jogos nos telemóveis, brinquedos com pilhas, cheios de luzes e aqueles jogos de que tanto gostava não parecem agradar aos mais novos... ou simplesmente será que não os conhecem? Será que as crianças de hoje sabem o que é um pião? E um berlinde?


Fonte: creative commons

E saberão saltar à corda? 

Fonte: creative commons

Terão ouvido falar no jogo da macaca?


Fonte:creative commons

Posso estar a exagerar mas acho que hoje em dia acabamos por deixar os nossos filhos muito tempo "colados" à televisão. Esta geração que está a crescer com os computadores, tablets e telemóveis, acaba por ter pouco tempo para socializar. Nós pais, por comodismo e porque chegamos cansados a casa depois do trabalho também aproveitamos a "ajuda" que estes aparelhos electrónicos nos dão e acabamos por não passar mais tempo com os nossos filhos. Refiro-me a tempo de qualidade em que realmente estamos a fazer actividades em conjunto. Não é o mesmo que estarmos todos sentados a ver televisão.

Este fim de semana fiz a experiência. Desliguei a televisão, fiz um reset no telemóvel e apaguei todas as aplicações que tinha. Tenho-vos a dizer que foi uma óptima experiência e os meus filhos simplesmente adoraram! Estivemos a jogar à macaca, às escondidas e ao jogo da cadeira. No baú das brincadeira encontrei um pião e um io-io e até eu tive dificuldade em apanhar o truque para o fazer passar por cima da minha mão enquanto este rodava, falta de prática! Depois para descansar um pouco utilizámos plasticinas, jogamos ao dominó e fizemos contruções com legos. Juntos criamos uma garagem para carros com uma simples caixa de cartão. Foi fantástico! 

Fonte:creative commons
É claro que fiquei mais cansada, mas no final compensou... no domingo depois de jantar perguntaram-me quando voltaríamos a repetir este programa tão divertido! 

Animo-vos a fazerem o mesmo! Quem sabe já no próximo fim-de-semana! :)




sexta-feira, 9 de maio de 2014

Os espermatozóides não gostam de festa!

É sabido que o consumo de álcool e de drogas afecta a qualidade seminal. De facto há muitos estudos que apontam que o consumo prolongado destas substâncias é prejudicial para a fertilidade masculina. No entanto, recentemente, um grupo da Universidade de Aveiro aponta que o consumo excessivo de álcool contribui para um decréscimo em 65% da concentração de espermatozóides e para um aumento de 53% dos danos no DNA e morte das células reprodutoras masculinas.

Este estudo, coordenado pela investigadora Margarida Fardilha foi realizado em amostras de sémen de 100 participantes para ver qual o efeito da ingestão de álcool após a participação dos jovens nas celebrações das semanas académicas de Aveiro e Coimbra. As amostras de sémen foram recolhidas antes, durante e depois do período festivo, tendo sido possível verificar "pela primeira vez, que a ingestão aguda de álcool durante um curto período diminui consideravelmente a capacidade reprodutora no homem".

fote: creative commons

Como o ciclo de vida dos espermatozóides no homem dura aproximadamente 3 meses, ao final deste tempo foi solicitada nova amostra de sémen aos participantes tendo sido observado que os parâmetros seminais recuperaram os valores normais. A questão que agora se coloca é saber quais os efeitos do consumo de álcool a longo prazo nas células reprodutoras.

É muito importante sensibilizar a população mais jovem que os seus hábitos de consumo de álcool e droga podem comprometer a sua fertilidade. Se querem beber devem faze-lo com muita moderação! 

No caso dos casais que estejam em tratamento, sugiro que os companheiros tenham especial cuidado com a saúde e evitem o consumo de álcool e drogas pelo menos durante 3 meses antes do tratamento de fertilidade. 

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Porque está indicada a progesterona nos tratamentos de fertilidade?

Durante os tratamentos de fertilidade é necessário administrar um conjunto de hormonas, e apesar de que algumas sejam em menor quantidade, todas são importantes para que o tratamento tenha êxito. Durante a fase inicial do ciclo são administradas hormonas para promover o crescimento folicular, outras para inibir a ovulação e no final, quando os folículos já atingiram um tamanho aceitável e o médico considera que é a altura certa para programar a extração dos ovócitos (punção folicular), é administrada uma hormona que ajuda na fase final de maturação dos ovócitos (a BhCG).

Durante a fase de estimulação dos folículos os níveis de progesterona na mulher são relativamente baixos (inferiores a 2 ng/ml), é após a ovulação que a concentração sanguínea da progesterona começa a aumentar e mais concretamente na metade da fase lútea que os níveis de  progesterona atingem os valores máximos (5 ng/ml). Se ocorrer implantação do embrião no útero a concentração de progesterona deverá ser mantida para garantir o bom desenvolvimento da gestação. Caso não ocorra implantação os níveis de progesterona diminuem e o endométrio começa a descamar (menstruação). 

Nos tratamentos de fertilidade, a progesterona é geralmente prescrita no dia a seguir à punção folicular para garantir que o endométrio esteja nas melhores condições para que ocorra a implantação dos embriões.
As doses podem variar consoante o tipo de tratamento. Se for um tratamento em que a mulher recorre a ovócitos doados, as doses de progesterona prescritas costumam ser mais elevadas. 

Nos tratamentos em que são transferidos embriões congelados, a progesterona também deve ser prescrita.

Existem várias formas de administrar a progesterona: via oral, via vaginal e intra-muscular. Por ser a forma mais comoda e com menos efeitos secundários indesejados, a progesterona é geralmente prescrita para ser administrada pela via vaginal. 

Fonte: creative commons
A progesterona nas mulheres é muitas vezes referida como a "hormona da gravidez" uma vez que desempenha um papel importante na preparação do endométrio para que ocorra a implantação do embrião, sucesso gestacional e correcto desenvolvimento fetal. Exceptuando alguns casos, geralmente os níveis baixos de progesterona não são compatíveis com uma progressão normal da gravidez.

Por estas razões, e sobretudo nos tratamentos de fertilidade em que as mulheres estão a fazer suplementos hormonais, é muito importante não esquecer de administrar correctamente esta hormona. E sobretudo, não suspenda a medicação sem antes falar com o seu médico! 

Boa sorte! 

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Como tornar a sua semana mais produtiva?

Li outro dia um artigo que falava em como tornar a semana mais produtiva, e de facto nunca tinha pensado que a resposta a esta pergunta era simplesmente: aproveitar ao máximo o fim-de-semana! Segundo Laura Vanderkam, autora do livro "What the Most Successful People Do on the Weekend”, aparentemente, os profissionais bem sucedidos têm alguns truques para sobreviver a uma semana de trabalho activa. Fiquei muito curiosa e como gostei das sugestões quis vir partilhar convosco algumas dicas!

A ideia é que o fim-de-semana deva ser aproveitado da melhor forma. Devemos saber controlar bem o nosso tempo, planear algumas actividades, ser selectivos e fazermos aquilo de que mais gostamos! O fim de semana deve servir para recarregar baterias e conseguirmos reunir força física e mental para enfrentar uma semana de trabalho.

Dicas para o fim-de-semana que ajudam a melhorar a produtividade durante a semana:

Decida o que quer fazer

É importante planear algumas actividades para o fim de semana como por exemplo ler um livro. Marque compromissos consigo mesmo, por exemplo: “às 14:00 vou ler um livro” e cumpra-os! Não se sente no sofá a ver televisão só porque não sabe o que fazer, as horas vão passando e quando der por si já as horas passaram e já é altura retomar o trabalho. Se optar por ficar a ver televisão faça-o de forma consciente. Segundo a autora não se trata de planear o seu fim-de-semana ao minuto, o ideal será agendar 3 actividades de 3 horas cada, e o restante tempo será para actividades que vão surgindo.

FOTO: STANJOURDAN/FLICKR/CREATIVE COMMONS

Arranje tempo para estar com a sua família e amigos

Isto é especialmente importante para aqueles que não têm muita disponibilidade ao longo da semana. Brinque com os seus filhos, façam actividades em conjunto Estabeleçam rotinas, como por exemplo, fazerem panquecas juntos, ir ao cinema. Estas rotinas passarão a fazer parte da tradição familiar do fim-de-semana e serão mais tarde recordadas como um momento de felicidade que serve para  fortalecer os vossos laços familiares. Marque encontro com os seus amigos e aproveite para levar as crianças também. É importante cuidar os nossos amigos que por vezes ficam abandonados ao longo da semana de trabalho. 

Fonte: creative commons

Pratique exercício físico

O exercício é fundamental para “limpar” a mente. Enquanto exercitamos o corpo, a mente estará mais livre e descansada e com maior capacidade para procurar soluções para os problemas do quotidiano. Além disso o exercício físico é fundamental para a saúde portanto toca a mexer!


Fonte: creative commons

Faça o que lhe dá prazer

Quais são os seus hobbies? Pintar? Cozinhar? Ler? Aproveite o fim de semana para dedicar tempo às vossas actividades favoritas! 
Fonte: creative commons

Faça uma escapadinha

Saia de casa, vá passear, namorar, ver outras paisagens, respirar ar puro, ou quem sabe ver outras culturas. Aproveite para viajar! Dois dias fora de casa podem parecer eternos e no final fica com a sensação de ter estado muito tempo ausente!
Fonte: creative commons

Desligue do trabalho

Evite ver o e-mail do trabalho. Pelo menos tente não o fazer durante umas horas no fim-de-semana e se possível apague também o telemóvel da empresa! É importante desconectar nem que seja por umas horas das vossas responsabilidades profissionais!

Fonte: creative commons


Não faça nada

É importante também arranjar tempo para não fazer nada. Simplesmente relaxar e descontrair.

Fonte: creative commons

Medite

Meditar não é o mesmo que não fazer nada. Sente-se, esteja numa posição confortável e não pense em nada. Esvazie a mente. Concentre-se na sua respiração.Tente fazê-lo durante pelo menos 5 minutos por dia (inclusive durante a semana). Dizem que é óptimo!  

Fonte: creative commons

Evite tarefas domésticas

São os seus dois dias livres. Evite ter que realizar tarefas domésticas Quando realizamos tarefas domésticas ao fim-de-semana acabamos por lhes dedicar mais tempo do que o desejado pois temos mais disponibilidade. Programe 1 hora por semana para essas tarefas. Ao sábado e domingo descanse! 

Fonte: creative commons

Tenha um programa para domingo à noite

Muitas pessoas começam a ficar stressadas no domingo à noite devido à aproximação da semana de trabalho. Mesmo para aquelas pessoas que gostam do que fazem, o ideal será arranjar um programa para o final do dia. Se o fizer, parecerá que o fim-de-semana não acabou e ficará mais feliz! Telefone a um amigo, combine uma ida ao cinema.

Fonte: creative commons


Ainda faltam um dias para o fim-de-semana e por isso ainda têm tempo para seguir estes conselhos! Eu vou experimentar! Depois venho contar!
Bjs


terça-feira, 6 de maio de 2014

Endometriose - Sessão de esclarecimentos

Para aquelas mulheres que sofrem de endometriose e para quem quiser saber tudo sobre a infertilidade nas portadoras de endometriose, inscrevam-se na sessão que o IVI Lisboa está a organizar juntamente com a Mulherendo (associação portuguesa de apoio a mulheres com endometriose)! Esta palestra terá como oradores o Dr. António Setúbal, especialista em endometriose e o Dr. Sérgio Soares, especialista em reprodução humana. E com certeza será muito útil para esclarecer dúvidas! 

Esta sessão é gratuita e vai decorrer no próximo sábado, 10 de Maio pelas 16:00 nas instalações do IVI Lisboa. Se estão interessados apressem-se a telefonar pois os lugares são limitados! 
Aproveitem a oportunidade de conversar com dois especialistas! 

Para confirmar a vossa presença enviem um e-mail para geral.mulherendo@gmail.com com o vosso nome e número de telefone.

Depois venham contar como foi! 

domingo, 4 de maio de 2014

Ser mãe...

Ser Mãe é inexplicável ...

É ser várias pessoas numa só, é amar incondicionalmente e é ver esse amor aumentar cada dia mais sem saber como tal pode ser possível. Ser mãe é ter dúvidas e receios e tentar ser forte. É nunca desistir por mais difícil que seja o caminho, é procurar sempre o melhor para os nossos filhos esquecendo-nos por vezes que também existimos. É ter uns braços longos e fortes que podem carregar com a compra do supermercado, as chaves do carro e os filhos ao colo. É ter imaginação para preparar as mais diversas iguarias para o jantar com as sobras do almoço. É ter o dom de olhar para os filhos e saber imediatamente quando estão doentes. Ser mãe é nunca ter tempo para nada e arranjar tempo para tudo...

As pessoas dizem que depois de sermos Mães a vida muda. Muda e bastante. Começamos a olhar o mundo com outros olhos, prestamos mais atenção a determinados detalhes e despreocupamo-nos com outros. Ser Mãe é para a vida toda...e apesar de que por vezes, as tarefas diárias são o que mais me cansa, pois há dias em que estou muito cansada e com muitas coisas para fazer e os meus filhos teimam em não colaborar, ser Mãe é o que mais me preenche e realiza! 

Ser Mãe deveria ser uma escolha possível para qualquer mulher e acho que a nossa sociedade deveria tentar apoiar e ajudar mais aquelas mulheres que querem ser Mães e têm dificuldades!!

Recentemente gravei um video juntamente com outras mães bloggers do painel do Barrigas de amor onde demos o nosso depoimento sobre o que é ser mãe. Ficou genial! Vejam: ser mãe é...

A Magma foto encarregou-se também de nos fazer umas fotos. Ficaram fantásticas! Deixo-vos aqui umas muito especiais! 

Um resto de feliz dia da Mãe!!








sexta-feira, 2 de maio de 2014

O dia da Mãe

No próximo domingo uma vez mais festejamos o dia da Mãe…

É um dia de muita alegria para muitas mães que conseguiram ver o seu desejo realizado mas também de muita tristeza (infelizmente, sei que o é) para muitas mulheres que mais uma vez recordam que ainda não conseguiram concretizar o seu desejo e ainda por cima existe um dia especial para o lembrar!

Escrevo para todas…

….. para as mulheres que já são mães, a minha sugestão é que celebrem o vosso dia, e que mimem os vossos filhos e se deixem mimar. O dia da mãe, é de facto todos os dias! Mas este é especial porque é um dia que nos é dedicado. Ser mãe é ser super, é ter que estar em todo o lado e ter tempo para tudo e todos….

Para aquelas mulheres que ainda não são mães, a minha dica é que mimem a vossa mãe e se mimem também! O vosso dia há-de chegar! E não é porque ainda não são verdadeiras mães que não vão festejar, o vosso coração já está pronto para a maternidade mas o vosso corpo ainda não o acompanhou! Entrem numa loja, comprem um miminho, satisfaçam um desejo …

No próximo domingo, junto com as BARRIGAS DE AMOR® e a Magma Photo trago uma surpresa! Estejam atentas!
Bjs e feliz fim-de-semana!