terça-feira, 21 de janeiro de 2014

O transplante de útero a nove mulheres foi resultado de uma experiência pioneira na Suécia

Na Suécia, nove mulheres receberam com sucesso úteros doados por familiares vivas e vão em breve tentar engravidar. O médico que lidera este projecto, Dr Mats Brannstrom, da Universidade de Gothenberg, espera poder ajudar com esta técnica mulheres que nasceram sem útero (sofrem de síndrome de Mayer-Rokitansky-Kuster-Hauser (MRKH), mulheres que tiveram que remover o útero devido a cancro do colo do útero e mulheres que não conseguem engravidar devido a problemas no útero. 

A maioria destas mulheres tem 30 anos e o grande objectivo deste trabalho é que as pacientes possam dar à luz os seus próprios filhos.

Os úteros transplantados não foram ligados às trompas de Falópio das receptoras pelo que estas não conseguirão engravidar naturalmente. Antes da operação, estas mulheres foram submetidas a uma estimulação ovárica e realizaram tratamentos de reprodução in vitro pelo que todas elas tem embriões congelados à espera de serem transferidos para o novo útero.

Esperemos que esta nova técnica resulte!

Deixo-vos o link da notícia que saiu no jornal Público para o caso de querem ler mais sobre o assunto.
Notíca Jornal Público
Boas leituras!