quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Partos prematuros

No dia de 17 de Novembro foi comemorado o dia da prematuridade. Infelizmente os dados revelam que em Portugal o número de partos prematuros continua a aumentar tendo-se observado que em 2012, a taxa de partos prematuros, isto é, que ocorreram antes das 37 semanas, foi de 7,8% (um acréscimo de 4 décimas relativamente ao ano anterior). Este aumento da prematuridade pode estar relacionado com a idade avançada das mulheres quando engravidam (22% das mulheres tem mais de 35 anos), com o tabagismo, com a introdução das técnicas de Procriação Medicamente Assistida (que aumentam as gestações gemelares), com os avanços nos cuidados obstétricos que actualmente são realizados e que previnem que ocorra a morte destes bebés antes do nascimento, e em certos casos com a ausência de cuidados obstétricos. Um bebé prematuro apresenta o seu organismo ainda imaturo e é muito vulnerável a determinadas doenças e mais sensível a factores externos como o ruído e a luz. Um dos principais problemas que estes bebés apresentam, prende-se com a imaturidade do sistema respiratório pelo que a introdução de corticoesteróides antes do nascimento tem vindo a ajudar a maturação dos pulmões, evitando em muitos casos a necessidade de recorrer à ventilação forçada dos bebés após o nascimento. Como curiosidade fiquem sabendo que o limiar da prematuridade em 2012 foram as 25 semanas de gestação e um peso de 600 g. A notícia animadora é que Portugal é também um dos países com melhores cuidados neonatais e portanto a taxa de sobrevivência destes bebés é alta. Um bem-haja para todas as equipas de cuidados neonatais que ajudam tantas família nesta fase de luta inicial por estas novas vidas!


Visitem o facebook da associação XXS
http://www.facebook.com/xxs.prematuros e não deixem de votar na campanha da “ENE, MEN, MINI” na página  http://www.enemenemini.eu/ para que haja maior sensibilização nos cuidados aos recém nascidos prematuros e maior apoio às suas famílias.

Bjs